Arquivo da tag: Premiação

Globo de Ouro | Meryl Streep quebra próprio recorde com 34ª indicação

Atriz foi indicada por atuação coadjuvante em Big Little Lies

Globo de Ouro | Meryl Streep quebra próprio recorde com 34ª indicação

Meryl Streep quebrou novamente o próprio recorde de indicações no Globo de Ouro ao receber sua 34ª nomeação por atuação este ano, pelo trabalho em Big Little Lies. A atriz já havia quebrado o seu recorde em 2018, quando foi indicada por The Post – A Guerra Secreta

A segunda pessoa mais indicada na história da premiação é o compositor John Williams, que já recebeu 26 nomeações na história. 

A última vitória de Streep na premiação foi com o filme A Dama de Ferro, de 2012. No total, ela já saiu vencedora oito vezes na cerimônia. 

Este ano ela concorre pelo troféu de Melhor Atriz Coadjuvante com Helena Bonham Carter (The Crown), Patricia Arquette (The Act), Emily Watson (Chernobyl) e Toni Collette (Inacreditável).

As duas temporadas de Big Little Lies estão disponíveis no HBO GO. A 77ª edição do Globo de Ouro acontece em 5 de janeiro, com apresentação de Ricky Gervais.

Emmy 2019 | Saiba onde assistir as séries vencedoras

Encontre nos streamings quem se consagrou na premiação

Phoebe Waller-Bridge em Fleabag

Emmy 2019 entregou todos os prêmios das categorias principais no último domingo (22). Com isso, é normal ficar interessando em conhecer os programas que se destacaram. Abaixo, listamos onde encontrar as séries que se consagraram na cerimônia.

Fleabag

A série de Phoebe Waller-Bridge levou quatro prêmios – Melhor Roteiro de Série Cômica, Melhor Direção de Série Cômica, Melhor Atriz de Série Cômica e Melhor Série Cômica – e pode ser encontrada no catálogo da Amazon Prime Video, que coproduz o programa com a BBC.

Chernobyl

A minissérie está disponível no HBO Go, e levou três prêmios: Melhor Roteiro de Minissérie, Melhor Direção de Minissérie e Melhor Minissérie

The Marvelous Mrs. Maisel

A produção da Amazon Prime Video pode ser encontrada no catálogo do streaming, e levou duas estatuetas: Melhor Ator e Melhor Atriz Coadjuvante.

Last Week Tonight with John Oliver

talk show de John Oliver é transmitido pela HBO no Brasil, e disponível no HBO Go. O programa levou duas categorias: Melhor Roteiro em Variedades e Melhor Talk Show de Variedades.

Game of Thrones

A série da HBO venceu como Melhor Ator Coadjuvante em Série Dramática e Melhor Série Dramática, e está disponível no HBO Go.

Ozark

A série original da Netflix – disponível no catálogo do streaming em Melhor Atriz Coadjuvante em Série Dramática e Melhor Direção para Série Dramática.

Barry

A comédia de Bill Hader venceu em Melhor Ator em Série Cômica, e está disponível no catálogo da HBO Go.

RuPaul’s Drag Race

reality show venceu como Melhor Programa de Competição, e está disponível no catálogo da Netflix.

A Very English Scandal

A minissérie está disponível no Globoplay e foi premiada em Melhor Ator Coadjuvante em Minissérie ou Telefilme.

Olhos Que Condenam

A minissérie de Ava DuVernay está disponível no catálogo da Netflix, e ganhou como Melhor Ator em Minissérie.

Black Mirror: Bandersnatch

O filme-interativo de Black Mirror foi eleito Melhor Telefilme, e está disponível na Netflix.

Fosse/Verdon

O programa do FX venceu na categoria Melhor Atriz em Minissérie, e pode ser assistido no Fox App.

Succession

O seriado da HBO venceu como Melhor Roteiro em Série Dramática, e está disponível no catálogo da HBO Go.

Pose

A série de Ryan Murphy foi premiada em Melhor Ator de Série Dramática, e está prestes a chegar à Netflix: a primeira temporada será adicionada ao catálogo em 28 de setembro.

Killing Eve

A outra série de Phoebe Waller-Bridge também foi premiada com Melhor Atriz em Série Dramática, e está disponivel no streaming Globoplay.

Emmy Awards 2019 | Game of Thrones fica com o prêmio principal; confira a lista

Maior vencedora da noite, Fleabag venceu em quatro categorias

Emmy Awards 2019 | Game of Thrones fica com o prêmio principal; confira a lista

Foram anunciados neste domingo (22) os vencedores do Emmy Awards 2019, prêmio máximo da televisão americana.

Indicada a 32 prêmios, Game of Thrones venceu em duas categorias, ficando com o principal troféu da noite, o de Melhor Série de Drama, e o de Melhor Ator Coadjuvante em Série de Drama, troféu erguido por Peter Dinklage, que se tornou o recordista da categoria, com quatro vitórias.

Principal vencedora da noite, a comédia Fleabag conquistou quatro Emmys, nas categorias Melhor Série de ComédiaMelhor Direção em Série de ComédiaMelhor Roteiro em Série de ComédiaMelhor Atriz em Série de Comédia, sendo que os dois últimos foram para criadora, atriz e roteirista da série, Phoebe Waller-Bridge.

Outros vencedores da noite incluem Chernobyl, como Melhor Minissérie Melhor Roteiro de Minissérie ou Filme para TVBilly Porter, de Pose, como Melhor Ator de Série de Drama, e Jharrel Jerome, que desbancou os vencedores do Oscar Mahershala AliSam Rockwell e ficou com o prêmio de Melhor Ator em Minissérie ou Filme para TV por Olhos que Condenam.

Assim como o Oscar, a cerimônia do Emmy deste ano não contou com um apresentador fixo. Confira abaixo a lista completa dos vencedores:

Melhor Ator Coadjuvante em Série de Comédia

Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Comédia

Melhor Roteiro em Série de Comédia

Melhor Direção em Série de Comédia

Melhor Ator em Série de Comédia

Melhor Atriz em Série de Comédia

Melhor Programa de Competição

Melhor Atriz Coadjuvante em Minissérie ou Filme para a TV

Melhor Direção em Minissérie ou Filme para a TV

Melhor Ator Coadjuvante em Minissérie ou Filme para a TV

Melhor Roteiro em Minissérie ou Filme para a TV

Melhor Ator em Minissérie ou Filme para a TV

Melhor Filme para a TV

Melhor Atriz em Minissérie ou Filme para a TV

Melhor Minissérie

Melhor Roteiro em Série de Variedades

Melhor Esquete em Série de Variedades

Melhor Direção em Série de Variedades

Melhor Talk Show de Variedades

Melhor Ator Coadjuvante em Série de Drama

Melhor Roteiro em Série de Drama

Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Drama

Melhor Ator em Série de Drama

Melhor Direção em Série de Drama

Melhor Atriz em Série de Drama

Melhor Série de Comédia

Melhor Série de Drama

Emmy 2019 | Peter Dinklage vence por Game of Thrones e bate recorde

Astro levou o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante em Série de Drama

Foto de Game of Thrones

Peter Dinklage venceu o Emmy 2019 por Game of Thrones e bateu um recorde. O astro levou a categoria de Melhor Ator Coadjuvante em Série de Drama pela quarta vez, ficando à frente de Art Carney, Don Knotts e Aaron Paul, que venceram três vezes cada. Com isso, o astro se torna o maior vencedor da categoria. Este ano, Dinklage concorreu contra dois colegas de elenco: Alfie Allen (Theon Greyjoy) e Nikolaj Coster-Waldau (Jaime Lannister).

Game of Thrones chegou ao ao fim após sua oitava temporada, porém um derivado chamado Bloodmoon já está em produção. A sinopse o derivado afirma que “dos segredos horríveis da história de Westeros até a verdadeira origem dos Caminhantes Brancos, os mistérios do Leste aos lendários Starks… essa não é a história que pensamos conhecer”.

O Emmy Awars premia os melhores da TV e acontece neste domingo (22).

Emmys 2019 | Astro de Olhos Que Condenam faz discurso emocionante

Jharrel Jerome foi aplaudido de pé no evento da TV

Foto de Olhos que Condenam

harrel Jerome foi premiado no Emmy 2019 por Olhos Que Condenam, e fez um discurso emocionante que foi aplaudido de pé. O astro, que levou a categoria de Melhor Ator, dedicou o prêmio aos cinco jovens negros da vida real que inspiraram a história do seriado:

“Estou aqui na frente de pessoas que me inspiram”, disse o ator, que agradeceu muito o apoio de sua mãe para interpretar Korey Wise. “Obrigado a Ava DuVernay, Netflix, minha equipe, porém, mais importante, isso é para os homens que conhecemos como os Cinco Inocentados, isso é para Raymond, Yusef, Antron, Kevin e Korey”.

 

Baseado em uma história real que tomou conta dos EUA, Olhos que Condenam narra o caso notório de cinco adolescentes negros, rotulados como os Central Park Five, que foram condenados por um estupro que não cometeram. Todos os episódios já estão disponíveis na Netflix – leia a nossa crítica.

O Emmy Awards 2019 acontece em 22 de setmebro, com cobertura completa do Omelete no site e redes sociais.

Game of Thrones, Breaking Bad e mais: 10 maiores séries do Emmy

Confira os seriados mais premiados de todos os tempos

A edição 2019 do Emmy Awards, premiação da TV, está chegando e, para celebrar, reunimos abaixo as 10 séries mais premiadas de todos os tempos.

Este ano, a última temporada de Game of Thrones bateu o recorde com 32 indicações, entre elas Melhor Série Dramática e Melhor Ator em Série Dramática para Kit Harington. A segunda série mais indicada é The Marvelous Mrs. Maisel e concorre a 20 prêmios, entre eles Melhor Série Cômica e Melhor Atriz em Série Cômica para Rachel Brosnahan.

A entrega do Emmy 2019 acontece em 22 de setembro, com cobertura completa do Omelete no site e redes sociais.

The Office/Seinfeld, Friends, Arrested Development

Começando com algumas séries que são acima da média, absolutamente incríveis, mas que venceram poucas categorias. The Office, clássico com Steve Carrell que gerou alguns dos melhores momentos da TV, ganhou uma vez. Friends, uma das séries mais importantes dos anos 90, venceu só em 2002. Seinfeld, considerada a série de comédia mais importante dos últimos anos, ganhou um só em 93. Fora 24 Horas, Lost – que apesar dos problemas, foi importante – e por aí vai.

Saturday Night Live

A série existe desde a década de 70, mas ganhou apenas dois prêmios de melhor série de variedades, em 1976 e em 1993. Contudo, anualmente ela está presente com indicações na área de atuação com destaque pro presidente Trump do Alec Baldwin, que venceu o prêmio em 2017, e Kate McKinnon, que já venceu dois prêmios e está indicada este ano.

Frasier

Considerado um dos maiores derivados de todos os tempos, o personagem apareceu pela primeira vez em Cheers e era um bom coadjuvante. Então decidiram dar uma série pra ele e o resultado foi acima do esperado. O seriado venceu cinco prêmios consecutivos de melhor série de comédia e Kelsey Grammer venceu três prêmios de Melhor Ator de comédia.

Sopranos

Considerada como um dos maiores dramas de todos os tempos e um marco na televisão, Sopranos levou apenas dois prêmios de Melhor Série Dramática. Apesar do absurdo do pouco reconhecimento, pelo menos ela levou dois e a Eddie Falco levou três prêmios de melhor atriz e o James Gandolfini, que é a grande estrela do seriado, levou dois.

Game of Thrones

2015, 2016 e 2018 foram os anos em que Game of Thrones venceu o prêmio de melhor série de drama. Este ano é um ano um tanto quanto polêmico. Muitos fãs odiaram, enquanto muitos fãs apenas não gostaram. Mesmo assim, este ano a série conta com 32 indicações e quebrou o recorde de NYPD Blue, que em 94 teve 26 indicações. Vamos ver quantos ele leva pela última e lamentável temporada.

30 Rock

A série criada por Tina Fey foi um dos grandes sucessos dos anos 2000. Entre 2007 e 2009 o seriado levou o prêmio de Melhor Série de comédia e Alec Baldwin e Tina Fey levaram um prêmio cada um. Parece pouco, mas a importância da série é absurdo. Muita gente boa participou do seriado. De pessoas começando como o Donald Glover até o Will Ferrell, a série era um celeiro de gente boa.

Mad Men

Uma das séries que ajudou o público a aceitar que a TV conta com histórias mais arriscadas do que o cinema. A trama mostra uma agência de publicidade nos anos 60 e venceu quatro prêmios de Melhor série de drama seguidos. Jon Hamm foi indicado quase todos os anos e perdeu porque ele acabou indicado contra alguém que está na primeira posição desta Omelista. Só no último ano, na parte dois da temporada 7, ele finalmente levou a categoria de melhor ator de drama.

Modern Family

O seriado estreou em 2010 e por cinco anos consecutivos ela dominou o prêmio de melhor comédia – isso até Veep decidir que era vez dela vencer. Mas o destaque é que basicamente quase todo mundo do elenco foi indicado para o prêmio de melhor ator coadjuvante – porque eles consideram que não há nenhum principal. Destaque pra Julie Bowen e o Ty Burrell, que fazem o casal Claire e Phil, que venceram duas vezes com o Burrell sendo indicado oito vezes. Eric Stonestreet, o Cameron, venceu duas vezes também.

Veep

A comédia da HBO domina o Emmy de uma maneira tão absurda que chega a ser assustador. A série venceu o prêmio de melhor comédia por três anos consecutivos, 2015, 2016 e 2017, mas o destaque não é esse. Sim, é impressionante a série ter vencido por três anos seguidos, mas o que realmente assusta é a protagonista Julia Louis-Dreyfus, que foi indicada entre 2012 e 2017 e tudo. Em 2018 a atriz não foi indicada porque Veep fez uma pausa após ela ser diagnosticada com câncer. A produção esperou Louis-Dreyfus finalizar seu tratamento e voltar para a última temporada, indicada agora em 2019.

Breaking Bad

Breaking Bad é considerada uma das melhores séries de todos os tempos. O seriado demorou para embalar tanto com o público, quanto com a crítica, mas em 2013 e 2014, seus dois últimos anos, ela finalmente venceu a categoria principal do gênero de drama. Mesmo assim, a série dominou em outras categorias importantes como Melhor Ator, com Bryan Cranston, que venceu quatro vezes dos seis anos que o seriado esteve no ar.

Jojo Rabbit, comédia de Taika Waititi, vence como melhor filme em Toronto

Premiação é conhecida por prever resultados do Oscar

Jojo Rabbit, comédia de Taika Waititi, vence como melhor filme em Toronto

Jojo Rabbit, comédia dirigidida por Taika Waititi e estrelada por Scarlett Johansson, ganhou o prêmio People’s Choice Award do Festival Internacional de Cinema de Toronto (TIFF). A vitória no evento é um dos mais fortes termômetros do Oscar, tendo premiado o último vencedor da Academia, Green Book: O Guia.

O segundo lugar da escolha do público ficou com História de um Casamento, filme de Noah Baumbach com Adam Driver e Scarlett Johansson. O sul-coreano Parasite, dirigido por Joon-ho Bong, ficou em terceiro.

Dentre os vencedores do People’s Choice Award do TIFF (baseado nos votos do público) já sairam indicados ao Oscar como A Vida é Bela (1998), Beleza Americana (1999), O Tigre e o Dragão (2000), Quem Quer Ser Um Milionário? (2008), O Discurso do Rei (2010), O Lado Bom da Vida (2012), 12 Anos de Escravidão (2013), O Jogo da Imitação (2014), O Quarto de Jack (2015), La La Land (2016), Três Anúncios para um Crime (2017) e Green Book: O Guia (2018).

A exceção dos últimos anos foi E Agora, Aonde Vamos?, vencedor de Toronto em 2011, que não foi indicado a melhor filme no Oscar.

O filme conta a história de Jojo (Davis), um garoto que deseja fazer parte da Juventude Hitlerista e tem Hitler (Waititi) como amigo imaginário. Ele descobre uma garota judia morando em seu porão e, depois de tentar se livrar dela, passa a vê-la como humana. O longa traz também Sam RockwellRebel WilsonStephen Merchant e Alfie Allen no elenco.

A estreia de Jojo Rabbit está marcada para 18 de outubro nos Estados Unidos, com previsão de lançamento para 6 de fevereiro de 2020, no Brasil.

Deixando Neverland ganha Emmy como melhor documentário

Produção da HBO explora as acusações de abuso contra Michael Jackson

Deixando Neverland ganha Emmy como melhor documentário

Deixando Neverland, filme que explora as acusações de abuso sexual contra Michael Jackson, venceu a categoria de Melhor Documentário no Creative Arts Emmys, noite dedicada às categorias técnicas e de arte, que acontece hoje (14).

O diretor e produtor Dan Reed agradeceu a honra citando Wade Robson e James Safechuck, a dupla que acusou o cantor pop e é foco do longa [via Deadline]: “Nada disso teria sido possível sem a coragem e determinação de Wade e James, e de suas famílias, e eu quero saudar isso”. 

Deixando Neverland conta a história das famílias de Ronson e Safechuck, dois homens que alegam terem sido vítimas de abuso de Michael Jackson enquanto crianças. Michael Jackson: Chase the Truth, documentário que serve como respostafoi lançado no YouTube.

Deixando Neverland está disponível na plataforma HBO Go.

Fleabag | Phoebe Waller-Bridge será homenageada no BAFTA

Atriz também trabalhou no roteiro de 007: No Time to Die

Fleabag | Phoebe Waller-Bridge será homenageada no BAFTA

Criadora de Killing Eve e Fleabag, Phoebe Waller-Bridge receberá o prêmio de Artista Britânica do Ano no BAFTA LA. O evento, que também homenageará Jackie Chan, Jane Fonda e Steeve Coogan, acontecerá no dia 25 de outubro.

Waller-Bridge está apresentando uma versão teatral de sua série Fleabag e escreveu o roteiro de 007: No time to Die ao lado de Neal Purvis, Robert Wade, Scott Z. Burns e do diretor Cary Joji Fukunaga.

O BAFTA é o prêmio mais respeitado no cinema e na TV britânica. A versão LA é o maior evento da premiação fora do Reino Unido.

A Lotofácil de independência vai sortear 95 MILHÕES!!

Quer descobrir uma fórmula que vai te ajudar a fazer 14 pontos e mudar de vida?

Não é truque, é um simulador que vai te dar os números da aposta.

Ao invés de escolher 15 números para tentar ganhar, aqui você só escolhe 5 e o sistema faz todo o restante.

Aqui está a sua garantia:

Se você simular qualquer resultado, errar 5 números e não acertar 14 pontos na Lotofácil, devolvemos o seu dinheiro na hora!

 

Página com vídeo que explica o método Lotofácil Expert Profissional

http://bit.ly/2UgSoer

 

Link Checkout

http://bit.ly/2ZwGbYZ

Taylor Swift, Billie Eilish e mais: confira a lista de vencedores do VMA 2019

Taylor Swift venceu na categoria de Vídeo do Ano

NOAM GALAI / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP

VMA aconteceu no dia 26, em Newark, em uma noite marcada por homenagens à cidade de New Jersey e seus artistas, representados por nomes como Queen Latifah, Ice T. e até arte do elenco de The Sopranos.

As maiores vencedoras da noite foram Taylor Swift, que levou prêmio de vídeo do ano por “You Need To Calm Down”; Ariana Grande, que venceu como artista do ano; e Billie Eilish, que apesar de ausente na premiação levou o prêmio de artista revelação.

A cerimônia ainda foi marcada por performances marcantes de Normani, com “Motivation”, Shawn Mendes e Camila Cabello com “Señorita” e a abertura, que ficou por conta de Taylor Swift, com “You Need To Calm Down” e “Lover”. Em discursos, foi J. Balvin que roubou os holofotes, ao fazer um apelo pela Amazônia no palco da MTV.

Confira abaixo a lista completa de vencedores:

Vídeo do Ano

Artista do Ano

Música do Ano

Melhor Novo Artista

Melhor Colaboração

Artista Revelação

Melhor Canção Pop

Melhor Canção de Hip-Hop

Melhor Canção de R&B

Melhor Canção de K-Pop

Melhor Canção Latina

Melhor Canção de Dance

Melhor Canção de Rock

Video para uma causa

Melhor Direção

Melhores Efeitos Visuais

Melhor edição

Melhor direção de arte

Melhor Coreografia

Melhor Direção de Fotografia