1922 | Crítica

Baseado em conto homônimo de Stephen King, filme surpreende com trama tão objetiva quanto complexa

Ver mais uma adaptação da obra de Stephen King chegando na Netflix não necessariamente é uma boa notícia. Se 2017 teve o sucesso da nova versão de It: A Coisa, também teve resultados moderados com Mr. Mercedes e Jogo Perigoso e os fiascos da série O Nevoeiro e a estreia de A Torre Negra nos cinemas. Porém, 1922 surpreende e faz feliz os fãs do autor com uma produção igualmente objetiva e complexa.

A trama é muito simples. Arlette (Molly Parker) herdou um pedaço de terra de seu falecido pai e queria vendê-lo, assim como a propriedade de seu marido Wilfred (Thomas Jane), e deixar para trás a vida no campo. Entretanto, Wilfred não estava disposto a abandonar o que estivera com sua família há gerações e, por isso, arquiteta um plano para assassinar sua esposa e o coloca em prática com a ajuda de seu filho adolescente, Henry (Dylan Schmid).

A construção da história, porém, não é de modo algum simplista. Diretor e roteirista, Zak Hilditch cria uma narrativa direta e envolvente, que se permite usar cada minuto para desenvolver a perturbação que se abate em Wilf, mas sem se prolongar além da conta. A goteira logo em cima da poltrona de leitura, os ratos se apossando de cada canto e a casa se desfazendo gradualmente. Assim como Lady Macbeth, ele não consegue tirar o sangue das mãos e o arrependimento o leva à loucura.

Por isso, não espere um filme de susto – embora seja possível ser surpreendido com a aparição de ratos aqui e ali. O terror é muito mais psicológico, sem deixar claro se há de fato um fator sobrenatural ou se Wilf apenas foi consumido pela culpa. E não há necessidade de dar uma resposta definitiva. A história está na dúvida, na constante tensão do protagonista e, claro, no efeito cascata que desenrola as subtramas.

O elenco foi escolhido a dedo. Thomas Jane facilmente transita entre o modo homem calculista, como define Wilf, e o fazendeiro transtornado, em um retrato fiel do protagonista do conto. Igualmente bem está o jovem Dylan Schmid, que vai da inocência manipulável ao banditismo romântico, roubando a cena hora ou outra ao se opor à figura paterna.

1922 é uma experiência imersiva na obra de King. É, sem dúvida, uma das melhores adaptações dele do ano.

1922 (2017)

(1922)
  • País: Estados Unidos
  • Classificação: Não definido
  • Estreia: 20 de Outubro de 2017
  • Duração: indisponível

Nota do crítico:4morangos(ÓTIMO)

Vingadores: Guerra Infinita ganha primeiro trailer

Longa chega aos cinemas em abril de 2018

Marvel divulgou o primeiro trailer de Vingadores: Guerra Infinita, nesta quarta-feira (29). Confira:

Vingadores: Guerra Infinita chega em 26 de abril de 2018 e Vingadores 4 tem estreia marcada para 2 de maio de 2019.

 

Star Wars: Os Últimos Jedi | Diretor garante que filme será engraçado

Episódio VIII chega aos cinemas em dezembro

O diretor Rian Johnson afirmou, em entrevista à Rolling Stone, que apesar do clima sombrio de Star Wars: Os Últimos Jedi, filme será bem engraçado.

“Essa é uma questão com a qual espero que as pessoas se surpreendam. Acho que ele é muito engraçado. Os trailers foram meio sombrios – o longa tem isso, mas também fiz o esforço consciente para que fosse um tumulto. Quero que ele tenha tudo o que associo com Star Wars em termos de tons, o que não se limita a Wagner. Tem também Flash Gordon.”

Daisy Ridley, Oscar IsaacAdam DriverJohn BoyegaLaura DernMark HamillBenicio Del Toro Carrie Fisher estão no elenco do Episódio VIII. Star Wars: Os Últimos Jedi chega aos cinemas em 14 de dezembro deste ano. Além de dirigir, Rian Johnson também é o roteirista do filme.

As estimativas de bilheteria de Star Wars: Os Últimos Jedi apontam que o filme pode arrecadar US$ 200 milhões em seu fim de semana de estreia nos EUA – saiba mais.

The Post | Meryl Streep e Tom Hanks correm risco de serem presos em novo comercial

Filme estreia no Brasil em fevereiro

Novo comercial de The Post – A Guerra Secreta, filme de Steven Spielberg sobre o escândalo do Pentagon Papers, mostra Meryl Streep e Tom Hanks correndo risco de serem presos. Confira:

Publicado em 1971 pelo The Washington Post, o documento tinha várias informações militares sigilosas sobre as ações dos EUA no Vietnã. O material foi vazado ao jornal pelo funcionário do Pentágono Daniel Ellsberg. Tom Hanks faz o papel de Ben Bradlee, enquanto Streep será Key Graham. Ambos eram editores do jornal e desafiaram o governo americano publicando as informações. Carrie Coon, Sarah Paulson, Jesse Plemons, Alison Brie, Bradley Whitford e Bob Odenkirk também estão no elenco. John Williams cuida da trilha sonora.

Liz Hannah e o vencedor do Oscar por Spotlight: Segredos Revelados Josh Singer assinam o roteiro. A estreia no Brasil está marcada para fevereiro de 2018.

 

Detective Pikachu | Kathryn Newton, de Big Little Lies, pode estrelar live-action de Pokémon

Atriz contracenaria com Justice Smith, que viverá protagonista

Kathryn Newton negocia papel de protagonista no live-action de PokémonDetective Pikachu, segundo a Variety. A atriz se tornou conhecida por interpretar Abigail, a filha mais velha de Reese Witherspoon em Big Little Lies. Se contrato for assinado, ela contracenará com Justice Smith (The Get Down).

Lançado no Japão em 1996, a marca Pokémon vendeu mais de 295 milhões de videogames vendidos em todo o mundo e uma série animada de 20 temporadas. O aplicativo Pokemon Go revitalizou a marca em 2016, fazendo com que os pequenos monstrinhos voltassem a ocupar um lugar expressivo na cultura pop.

Um rumor afirma que nomes como Hugh JackmanRyan Reynolds, Mark Wahlberg e Dwayne Johnson são cotados para o dublar o protagonista de Detective Pikachu – saiba mais.

O live-action será produzido pela Legendary e a Universal Pictures lidará com a distribuição do filme fora do Japão. Comandado por Rob Letterman (Goosebumps – Monstros e Arrepios), o longa terá como foco principal o Detetive Pikachu, um novo personagem dentro do universo Pokémon. O roteiro ficou a cargo de Nicole Perlman, de Guardiões da Galáxia, e Alex Hirsch, de Gravity Falls.

O filme deve começar a ser rodado em janeiro de 2018.

Liga da Justiça | Negociações e data de lançamento prejudicaram o filme, diz site

Fontes consultadas pelo The Wrap chamam o filme de “Frankenstein”

Fontes consultadas pelo site The Wrap consideram que Liga da Justiça foi prejudicada por falta de tempo e pelas negociações do estúdio com a AT&T.Como resultado, produção tornou-se uma espécie de “Frankenstein”. “Acredito que o grande erro da Warner Bros. foi não ter adiado a data de estreia”, afirmou executivo.

Para ele e outras fontes, manter a data de lançamento para novembro foi um erro, nítido na tentativa de remover digitalmente o bigode de Henry Cavill. Porém, ressaltam que a decisão foi tomada em meio à fusão do estúdio com a AT&T, cenário no qual mudar o dia da estreia poderia ser interpretado como sinal de fraqueza.

Ainda de acordo com o site, a decisão da Warner de seguir um tom mais bem-humorado, contrário ao que Zack Snyder havia criado até então, também não pode ser bem executada por falta de tempo. Joss Whedon, contratado para trazer leveza à produção, teve que lidar com questões como um inédito bigode no Superman durante as refilmagens.

Liga da Justiça já está em cartaz no Brasil.

John Wick | HQ sobre a origem do assassino ganha as primeiras imagens; confira

Publicação sofreu um atraso nos EUA e foi lançada este mês

Dynamite Entertainment divulgou as primeiras imagens da edição número um da HQ de John Wick. Confira:

Além dos desenhos de Giovanni Valleta, a publicação conta com texto de Greg Pak (Planeta Hulk). A ideia é focar em quem era o homem antes de se tornar o Baba Yaga e suas dificuldades e dominar o Livro de Regras e seus primeiros encontros com a comunidade de assassinos.

A publicação da Dynamite Entertainment seria originalmente lançada em setembro nos EUA, mas sofreu um atraso e foi lançada no final de novembro.

Os dois primeiros filmes fizeram mais de US$ 250 milhões ao redor do mundo e ambos tiveram um baixo custo para o estúdio. Além disso, os longas foram elogiados pela crítica.

John Wick: Um Novo Dia Para Matar, segundo filme da franquia, estará disponível em Blu-ray e DVD em 13 de junho nas lojas dos EUA.

Deuses Americanos | Michael Green e Bryan Fuller deixam série

Dupla foi responsável pela criação da adaptação da obra de Neil Gaiman

Os criadores da série Deuses AmericanosMichael Green e Bryan Fuller, anunciaram, nesta quarta-feira (29), que não fazem mais parte da produção, de acordo com o Deadline. Ao que parece, seus muitos projetos individuais, entre eles o reboot de Histórias Maravilhosas e a sequência de Assassinato no Expresso do Oriente, assim como a lentidão da produção da segunda temporada foram decisivas para a saída da dupla.

Especula-se que o próprio Neil Gaiman, autor da obra que inspirou o seriado, assuma como co-showrunner.

Sobre a segunda temporada, sabe-se que alguns roteiros já foram redigidos e que deve estrear em meados de 2018.

Star Wars: Episódio IX deve ser último filme de Daisy Ridley na franquia

Atriz afirmou que não pretende interpretar Rey após 2019

A atriz Daisy Ridley afirmou que não quer interpretar Rey novamente, após Star Wars: Episódio IX. Questionada pela revista Rolling Stone, ela disse:

“Não. Não sabia exatamente no que estava me envolvendo. Não tinha lido o roteiro, mas pelo o que podia ver, pessoas realmente boas estavam envolvidas. Então, só estava achando demais. Agora acredito que tenho mais sorte do que achei que tinha, por fazer parte de alguma coisa que pareça tanto com voltar para casa. Estou realmente animada para fazer o terceiro e completá-lo, porque no final eu assinei contrato para três filmes. Então, na minha cabeça, são três filmes. Acredito que parecerá a hora certa para encerrá-lo.”

Star Wars: Episódio IX chega aos cinemas em 20 de dezembro de 2019Antes, Star Wars: Os Últimos Jedi estreia em 14 de dezembro deste ano. Além de dirigir, Rian Johnson também é o roteirista do filme.

As estimativas de bilheteria de Star Wars: Os Últimos Jedi apontam que o filme pode arrecadar US$ 200 milhões em seu fim de semana de estreia nos EUA – saiba mais.

Thanos | HQ do vilão revela um Motoqueiro Fantasma intergalático

Publicação mostra o Titã dominando os Chitauri

A nova edição da HQ de Thanos mostra o que acontece quando o vilão finalmente vence. Entre as principais novidades está a participação de um novo Motoqueiro Fantasma intergaláctico. Confira:

Na HQ, Thanos acabou de conquistar os Chitauri quando o céu começa a chover sangue. Cruzando o céu com sua motocicleta flamejante está o Motoqueiro Fantasma e um narrador não identificado explica que essa é uma versão futurista do personagem – que é tanto o Espirito da Vingança, quanto um antigo arauto de Galactus.

Ele conta com a Joia do Infinito do Tempo e está a serviço de um “Rei Supremo” que, mais tarde, a HQ revela ser o próprio Thanos envelhecido.

A publicação ainda não tem data de lançamento no Brasil.